23/02/2017

Dependência e Maturidade


Quando somos adolescentes achamos e sabemos que só nos tornaremos maduros quando não dependermos mais de ninguém, quando "andarmos com nossas próprias pernas", e realmente não depender de ninguém pode nos tornar muito maduros, mas e quando a dependência é emocional ou espiritual?

Esses dias Deus colocou no meu coração qual seria a relação dessas duas palavras, muitas vezes não entendemos porque nos é tirado algumas pessoas, empregos ou coisas, aquilo era tão importante e não havia nada de errado, você estava seguindo Jesus se dedicando e mesmo assim aquilo foi tirado.
Uma vez Deus colocou no meu coração que eu deveria terminar um namoro, é estranho para alguns saber isso ou pensar nisso, mas depender de Deus pode requerer sacrifício do nosso eu, na época eu sofri, mas hoje eu entendo o que Deus estava me pedindo: dependência total nEle. Quando nos apoiamos em coisas terrenas, seja em um relacionamento, um líder espiritual ou um emprego, mesmo sem ter a intenção nós acabamos saindo da total dependência de Deus e o que Ele tem pra nós muitas vezes é muito maior e melhor do que o que já temos.
Dizer "Pai faça a tua vontade", "minha vida é sua", "eis-me aqui", requer coragem e aceitar essa realidade requer maturidade tanto espiritual como pessoal, pois muitas vezes por orgulho queremos que as coisas sejam feitas do nosso jeito, e é aí que a dependência se une à palavra maturidade, se tivermos maturidade espiritual e pessoal saberemos que o melhor vem de Deus e que depender do Pai é melhor do que "andar com nossas próprias pernas".

Nenhum comentário:

Postar um comentário